08/03/12

30 PEQUENAS CURIOSIDADES SOBRE OS ELEFANTES


Os elefantes são os maiores mamíferos terrestres.

Existem duas espécies de elefantes: a Elephas maximus – o elefante asiático – e a Loxodonta Africana – o elefante africano.

Como diferenciar um elefante asiático de um africano? Pelo tamanho. Além de mais alto, o africano possui orelhas e presas maiores do que as dos seus parentes asiáticos.

Os elefantes africanos vivem, em média 60 anos.

Elefantes não tem medo de ratos e, sim, de abelhas.

Elefantes adoram água e são excelentes nadadores.

Um elefante adulto pode ingerir de 100 a 200 quilos de alimentos por dia.

Os elefantes gastam cerca de três quartos de seu tempo comendo e ingerindo os alimentos.

A manadas são geralmente chefiadas por uma matriarca velha.

O pênis do elefante africano mede, em média, 150 centímetros.

A vagina da fêmea mede 50 centímetros.

A gestação do elefante dura 22 meses.

As tias ajudam as mães elefantes na hora do parto.

O elefantinho vem ao mundo pesando cerca de 100 quilos (os machos podem chegar aos 120 quilos).

O elefante é capaz de armazenar até 10 litros de água na tromba. Importante: a tromba é o nariz do elefante.

Uma presa de um elefante macho africano pode pesar até 106 quilos.

Aliás, você sabia que as presas crescem, em média, 17 cm por ano?

Os elefantes tem o maior cérebro entre todos os animais terrestres.

O têrmo “memória de elefante” é absolutamente verdadeiro. Elefantes são capazes de lembrar de uma pessoa (ou outro elefante) durante anos.

Os elefantes foram usados como armas de guerra por diversos povos. O general cartaginês Aníbal, por exemplo, usou um exército de elefantes para invadira a Itália e atacar Roma.

O símbolo do Partido Republicano dos Estados Unidos é um elefante.

Chamado de Ganesh, o deus hindu da sabedoria, possui cabeça de elefante.

Existe no Brasil uma marca de extrato de tomate chamada Elefante.

Cerca de 400 pessoas são mortas por elefantes todos os anos.

Os mais conhecidos parentes primitivos dos elefantes são os mamutes e os mastodontes.

Existem tantos fósseis de mamutes nas vastidões geladas da Sibéria que, acredite se quiser, até hoje a região exporta marfim.

Existe uma doença parasitária chamada elefantíase. A principal característica da elefantíase é o espessamento da pele e dos tecidos subjacentes, especialmente nas pernas, órgãos genitais masculinos.

Um zoológico do Reino Unido usa heavy metal para acalmar os elefantes jovens. Eles ficam calminhos quanto ouvem Metallica, Deff Leppar, Black Sabath e Led Zeppelin. Fonte

O marfim é usado para fazer objetos decorativos, bolas de bilhar e até teclas de piano.

O mais antigo objeto decorativo feito com marfim data de 27.000 anos atrás e foi produzido com a presa de um mamute.

Os humanos aproveitam quase todas as partes de um elefante. Em alguns países onde a caça é legalizada, são feitas pastas e sapatos com o couro do animal, a carne é congelada, as presas viram objetos decorativos e até os pêlos são aproveitados na forma de pulseiras.

5 comentários:

Anônimo disse...

muinto utel gostei muinto

Anônimo disse...

gostei muito... acho que faltou dizer que o ELEFANTE tb é mascote de um time brasileiro o ABC FUTEBOL CLUBE de Natal/RN que adotou o animal como mascote pq o mapa do estado lembra o animal

Anônimo disse...

Foi Bim,ajudou bastente na atividade da miha querida irmanzinha^^kkkkkkkk´s

Anônimo disse...

Adorei as curiosidades sobre os elefantes,me ajudaram muito na tarefa da minha filha.o

Anônimo disse...

Não tem nada sobre os elefantes ouvir pelas patas?