30/01/12

40 CURIOSIDADES DO MUNDO DA LITERATURA



O escritor brasileiro Aluísio Azevedo (imagem acima) tinha o hábito de desenhar e pintar os personagens de seus livros sobre papelão.

No início da carreira, o escritor George Bernard Shaw teve que ser sustentado pela mãe por que não conseguia vender seus livros.

O primeiro volume de Em Busca do Tempo Perdido, de Marcel Proust, foi publicado às custas do próprio autor, uma vez que havia sido recusado por diversas editoras.

O poeta Carlos Drummond de Andrade publicou o seu primeiro livro, com tiragem de 500 exemplares, com o dinheiro do próprio bolso.

Foi com suas últimas economias que o escritor colombiano Gabriel Garcia Márquez publicou sua obra-prima Cem Anos de Solidão. A primeira tiragem de oito mil exemplares se esgotou em 15 dias.

O poeta chileno Pablo Neruda só conseguiu publicar seu primeiro livro, Crepusculário, depois de vender todos os seus bens para financiá-lo.

A ópera La Traviata, de Giusepi Verdi, foi inspirada no romance A Dama das Camélias, de Alexandre Dumas, filho.

A ação do livro Ulisses, de autoria do irlandês James Joyce, transcorre num único dia. Até hoje, a data é celebrada pelos fãs do escritor no que se convencionou chamar de “Bloomsday”.

Apesar de ser conhecido apenas como romancista, o brasileiro José de Alencar também escreveu várias peças de teatro. Entre as suas peças estão “Nas Asas de um Anjo”, “Mãe” e “O Demônio Familiar”.

O irlandês George Bernard Shaw exerceu também a função de jornalista durante toda a vida.

O poeta português Fernando Pessoa foi criado na África do Sul e teve o inglês como a sua segunda língua.

Guimarães Rosa, famoso escritor brasileiro, morreu três dias depois da sua posse na Academia Brasileira de Letras.


Clique aqui para continuar a leitura.

Um comentário:

sweety mosa disse...

Olá adorei o blog, sou uma curiosa por natureza e adoro literatura. Esses autores fazem-me refletir sobre o poder da força de vontade, determinação em seguir os nossos ideais e trabalho árduo para atingi-los. Imortais todos eles, que essas obras e exemplos de vida continuem a influenciar positivamente as gerações.
Aos interessados, gostaria que visitassem o meu blogue tb sobre literatura http://onossojardimliterario.blogspot.com