15/06/11

PIXAR, CURIOSIDADES


A Pixar começou com uma divisão da Lucasfilme, do diretor George Lucas. Na época, a empresa se chamava Graphics Group.

A empresa foi comprada por Steve Jobs (da Apple) por US$ 10 milhões e rebatizada como Pixar. Detalhe: Pixar vem do espanhol “pixar”, que significa “fazer pixels”.

No princípio, a Pixar fazia apenas softwares para animação.

Toy Story, o primeiro sucesso dos estúdios, foi produzido graças a um contrato com a Walt Disney Company para fazer três longas de animação.

O sucesso de Toy Story foi tão grande que levou a Disney a prolongar o contrato com a Pixar. O contrato de 10 anos estabeleceu que a Pixar cinco novo filmes para a Disney.

Desentendimentos em relação aos lucro$$$ levaram Disney e Pixar a romperem. Na época, a Pixar chegou a procurar um novo distribuidor para seus filmes. Em acordo assinado em 2006, a Pixar foi vendida para a Disney.

A compra da Pixar pela Disney fez de Steve Jobs (entenda-se Apple) o maior acionista individual da empresa de entretenimento.

Lançado em 1995, Toy Story foi o primeiro longa de animação da história feito totalmente com o uso de computação gráfica.

O primeiro nome do personagem Buzz Lightyear, de Toy Story, foi Lunar Larry.

Toy Story foi tão bem recebido pela crítica e pelo público que quatro anos depois, foi lançado a sequência Toy Story 2. O curioso é que até 2011, Toy Story (quando estreou Carros 2) foi a única produção Pixar a ter sequências.

Procurando Nemo foi um dos desenhos mais rentáveis da história da animação. O filme arrecadou US$ 70 milhões na sua estréia.

Nenhum comentário: