11/03/11

DADOS, INFORMAÇÕES E CURIOSIDADES SOBRE AS VITAMINAS


AS VITAMINAS MAIS IMPORTANTES:


VITAMINA A
É excelente para a saúde da pele, visão e cabelos. Ajuda no crescimento. Combate os radicais livres.


VITAMINA B1
Preserva a saúde do cérebro, dos músculos e dos nervos. Ajuda na produção de energia para o corpo. Suplementa a dieta de mulheres grávidas.


VITAMINA B2
Auxilia na cicatrização e protege o sistema nervoso.


VITAMINA B5
Essencial para o controle do stress.


VITAMINA B6
Atua na produção de glóbulos vermelhos e favorece a respiração das células. Estimula a memória dos idosos.


VITAMINA B12
Essencial para a saúde do sistema nervoso.


VITAMINA C
Estimula a resistência a infecções, ajuda no combate à fadiga e auxilia nas cicatrizações. Ajuda na absorção de ferro pelo organismo e combate a anemia.


VITAMINA D
Auxilia na absorção de fosfato e cálcio pelo organismo.


VITAMINA E
Retarda o envelhecimento e previne contra acidentes cardiovasculares. Alivia os sintomas da TPM.


VITAMINA K
Age na coagulação do sangue e evita hemorragias. Previne a osteoporose.


ÁCIDO FÓLICO (VITAMINA B9)
Auxilia na produção de células do sangue e protege o bebê durante a gestação.


BIOTINA
É essencial na formação da pele e atua no metabolismo de gorduras e ácidos.


INFORMAÇÕES E CURIOSIDADES:


A palavra vitamina foi criada pelo bioquímico polônes Casimir funk, baseado na palavra latina vita (vida) e no nome do composto químico amina.

Existem duas categorias de vitaminas: as hidrosolúveis e as liposolúveis. As hidrosolúveis são as vitaminas solúveis em água (todas as vitaminas B e a vitamina C) e são absorvidas diretamente pela corrente sanguínea. As liposolúveis são solúveis em gordura (vitaminas A, D, E e K) e tem mais dificuldade para entrar na corrente sanguínea.

Existem por volta de 50 vitaminas, mas apenas 13 são essenciais para o bom funcionamento do corpo humano.

Mais de dois bilhões de pessoas no mundo tem deficiência de um ou dois tipos de vitamina.

Em comparação com as verduras cruas, as cozidas tem 70% menos vitamina C e 40% menos vitaminas do tipo B.

O alimento que possui a maior quantidade de vitaminas é o fígado (de ganso, galinha, boi, de qualquer tipo).

Os alimentos mais ricos em vitamina A são: agrião, pepino, cenoura (possui caroteno, substância que é transformada em vitamina A), abóbora (também rica em caroteno), almeirão, quiabo, batata-doce, tomate, manga, melão, queijos e fígado.

Os que possuem altas taxas de vitaminas do complexo B (B1, B2, B6…) são: carne de boi, batata, quiabo, beterraba, inhame, mandioquinha, espinafre, ovo e, para variar, fígado.

Os ricos em vitamina C são: laranja, limão, quiabo, pepino, palmito, maçã, batata, repolho, tomate, acerola (o campeão de vitamina C), couve, morango, kiwi e fígado, entre outros.

Os campeões em vitamina D: peixes de água salgada e fígado.

Os mais generosos em vitamina E: cereais em grãos, nozes, amêndoas, gérmen de trigo, margarina e leite.

Os mais ricos em vitamina K são: batata, mandioca, milho, ameixa, uva e mamão.

Alimentos com maior quantidade de ácido fólico: amendoim, chicória, melão, nozes, castanha, ervilha, cogumelos e fígado.

Os campeões de biotina são: iogurte, nozes, laranja, gérmen de trigo e fígado.

Para pessoas que fazem trabalhos braçais extenuantes e praticam exercícios físicos com frequência, os médicos recomendam doses 10 vezes maiores de vitamina C e do complexo B.

Você sabia que fumantes tem necessidade maior de vitamina C? Isso acontece por que a maior parte da vitamina C ingerida pelo tabagista é eliminada pela nicotina do cigarro.

Quanto ao alcoólatras, ele tem maior dificuldade de ingerir as vitaminas do complexo B. É por isso que os médicos sempre recomendam altas doses desse tipo de vitamina para essas pessoas.

O cientista Linus Pauling (1901-1994) sempre recomendou doses maciças de vitamina C. Segundo ele, a vitamina do tipo C evita uma vasta gama de doenças e rejuvenesce. Os cientista ainda tem dúvidas a respeito das propriedades milagrosas desse tipo de vitamina. O fato é que Pauling viveu 93 anos, a maior parte deles com muita saúde. Mas…

Os cientistas descobriram que vitamina C em excesso aumenta o risco de cálculos renais. Mas nada comparável com o de vitamina E, que pode provocar hemorragias. Outras vitaminas que prejudicam o organismo se ingeridas em excesso são a B9, B6 e A.

A venda de suplementos vitamínicos rende U$ 76 bilhões por ano, mais do que a indústria da perfumaria. E olha que esse mercado aumenta cerca de 6% ao ano. No Brasil, esse crescimento é de 20% anuais.

Muitos cientistas defendem a idéia de que, na verdade, as vitaminas não melhoram a saúde de ninguém. Mas os mesmos cientistas alertam que a falta delas pode prejudicar, em alguns casos de forma irreversível, o bom funcionamento do organismo.

Uma recomendação: não adianta ingerir doses maciças de vitaminas, pois o excesso costuma ser eliminado pelo organismo. As vitaminas essenciais são encontradas numa alimentação variada e saudável.

Nenhum comentário: