22/03/11

FATOS, INFORMAÇÕES E CURIOSIDADES SOBRE OS MAMÍFEROS



Os biólogos utilizam um sistema universal para classificar os seres vivos. De acordo com esse sistema, os animais formam um reino chamado Animalia. Por sua vez, o reino Animalia é dividido em diversos filos. Existe o filo dos poríferos (Porifera), protozoários (Protozoa), equinodermos (Echinodermata) e cordados (Chordata), além de outros. Os mamíferos fazem parte do filo Chordata (que inclui os animais com espinha dorsal).

Os filos são separados em subfilos e classes. Um exemplo de subfilo é o dos vertebrados. As classes, por sua vez, dividem-se em ordens e famílias. Podemos dizer, então, que o gato doméstico pertence ao filo dos cordados (Chordata), ao subfilo dos vertebrados (Vertebrata), à classe dos mamíferos (Mammalia), à ordem dos carnívoros (Carnivora) e à família dos felinos (Felidae). Como o leão pertence ao mesmo filo, classe, ordem e família, podemos afirmar que ambos são parentes e, de acordo com os evolucionistas, tem um ancestral em comum.

Assim como todas as classes, a dos mamíferos é dividido em diversas ordens, entre elas a dos carnívoros (leopardo, raposa, lontra etc), primatas (chimpanzé, gorila, gibão, homens...), pinídeos (foca, leão-marinho, elefante-marinho...), artiodáctilos (antílope, gazela, corsa...), perissodáctilos (cavalos, asnos...), cetáceos (golfinhos, baleias...) e outras.

Entre as famílias mais conhecidas estão a dos felinos (onça, jaguar...), canídeos (cães, lobos, raposas...), bovídeos (bois, búfalos...), rhinocerotídeos (rinocerontes...), ursídeos (ursos), suídeos (porcos, javalis...), cervídeos (cervos, veados...) e elefantídeos (elefantes).

Como se não bastasse toda essa confusão de filo, subfilo, classe, ordem e família, os animais também são classificados em gêneros e espécies. O tigre, para citar um exemplo, pertence ao gênero Pantera (Panthera) e à espécie tigre (Tigris). O nome científico do tigre é Panthera tigris.

Não podemos esquecer das sub-classes. O tigre, o leão e o gato doméstico pertencem à sub-classe dos placentários (animais com placenta). Há outras subclasses como a dos marsupiais (o canguru é o melhor exemplo) e a dos monotremados (como o curioso ornitorrinco, um mamífero que põe ovos).

Só para complicar mais um pouquinho: os placentários são divididos em 16 ordens. Além das ordens citadas algumas linhas acima, existem outras bastante curiosas como a dos edentados (a ordem dos tamanduás), folídotos (a do pangolin), dos quirópteros (dos morcegos), dos tubulidentados (aardvark) e a dos insetívoros (musaranhos).

A técnica para classificar animais chama-se taxonomia. Podemos-se dizer que a taxonomia "batiza" as espécies. Cada animal recebe dois nomes latinos. O tigre foi batizado como Panthera Tigris. Como podemos ver, o primeiro indica o nome e o segundo a espécie.

Mas por que os seres vivos são classificados com nomes latinos? Simples. Nesse caso, o idioma latino funciona como uma linguagem universal de classificação biológica, o que possibilita dar ao mesmo animal um nome científico compreendido em todas as línguas e rincões do mundo.

Além da temperatura do corpo constante, o que caracteriza os mamíferos é a existência da glândula mamárias nas fêmeas. Exceto algumas famílias como a das focas e a das baleias, a maioria dos mamíferos possui pêlos cobrindo o corpo.


CONTINUE LENDO e descubra mais curiosidades sobre esse e outros assuntos em nosso novo blog.

Acesse mais curiosidades sobre esse e outros assuntos no Facebook CLICANDO AQUI.

CLIQUE AQUI para conhecer as 1.000 mais incríveis curiosidades do nosso blog.


3 comentários:

Anônimo disse...

Adorei!
Interessante, fatos que antes eu ñ sabia. Abraço!

Anônimo disse...

Quase q rodo de ano valeu pelo apoio salvaram minha pele

Anônimo disse...

sera que e verdade dia 14/11/2014 tem trabalho de ciencias e vamos ver se essa curisidades tem para que eu tire um 10 bem bonito pra passa de ano sem exame ainda mais que e dificil
obrigado pelo conselho vale boa sorte!!!!!!!!!!!!!!!!!!