03/05/10

EGITO, CURIOSIDADES SOBRE O REINO DOS FARAÓS



A civilização egípcia floresceu quase que inteiramente às margens do rio Nilo. As cheias do rio fertilizavam o solo, permitindo o desenvolvimento da agricultura. Os egípcios plantavam trigo, centeios, cevada, legumes e outros alimentos. Mas como viviam numa região desértica, tinham que importar produtos como a madeira.

As principais cidades egípcias foram Tebas, Mênfis, Amarna, Lúxor, Assuã, Djedt, Heliópolis, Abusir e Alexandria. Detalhe: Alexandria foi construída durante a dominação macedônica.

O faraó concentrava as funções de comandante militar, chefe de governo e sacerdote religioso. Era uma espécie de escolhido dos deuses, uma ligação entre o mundo terreno e o divino.

Os egípcios acreditavam que o universo tinha sido criado por um casal divino chamado de Shu e Tefnut. Ambos eram pais de Nut, a deusa do céu, e Geb, o deus da Terra. Da união entre Nute e Geb nasceram os deuses Osíris, Ísis, Seth e Nêftis. O primeiro rei do Egito teria sido Hórus, o deus nascido da união entre Osíris e sua irmã Ísis. Os faraós teriam sido os herdeiros de Hórus no trono do Egito.

O povo Egito acreditava ainda que, para receber o mandato divino, o faraó era transformado na imagem do deus Rá, o deus do sol. O rei e a sua família seriam emanações do próprio Astro-rei.

Os casamentos consanguíneos eram comuns nas famílias reais egípcias. O incesto era considerado algo normal. Tutancâmon, por exemplo, foi fruto do casamento do faraó Akhenaton com a sua própria irmã.

Arqueólogos e geneticistas acreditam que problemas de saúde e defeitos genéticos eram até normais entre a nobreza egípcia. O faraó Tutancâmon tinha lábio quase leporino, pé torto e sofria de necrose no pé esquerdo (detalhe: foram encontradas muitas bengalas na sua cripta).

Um faraó nunca deixava seu cabelo ser visto – ele sempre vestia uma coroa ou um toucado para escondê-lo.

Os egípcios ricos usavam perucas enquanto os mais pobres deveriam usar cabelos longos que podiam ser amarrados com rabo de porco. Até os doze anos, os garotos egípcios tinha que manter a cabeça raspada para... CONTINUE LENDO.


Clique aqui e veja outras curiosidades sobre esse e outros assuntos no Facebook.

Clique aqui para conhecer as 1.000 mais incríveis curiosidades do nosso blog.

2 comentários:

Décio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Obrigada, ajudaste muito no meu trabalho sobre o Egito!!!!